IPREV PAE - Webmail ASIPESC RSS do IPREV Twitter do IPREV Newsletter Simulador de aposentadoria Intranet do IPREV
Florianópolis, 25 de Fevereiro de 2018.
Gepes deve priorizar capacitação dirigida às atividades do Iprev PDF Imprimir
Seg, 05 de Fevereiro de 2018 15:52
Gepes capa site

Chegando à décima reunião de elaboração do Plano de Metas do Iprev para 2018, a comissão responsável visitou na tarde desta quinta-feira, 01, a gerência de Gestão de Pessoas (Gepes), pasta vinculada à diretoria de Administração. Logo de início o presidente Roberto Faustino informou à gerente Neiva Titon, e sua equipe, que as reuniões anteriores geraram muitas demandas por capacitação, fato que exigirá grande atuação da Gepes ao longo do ano. “O processo de capacitação envolve total participação das gerências interessadas, porém, a supervisão da gerência de Gestão de Pessoas será fundamental nessa organização”, destaca.

Faustino informa que a Secretaria de Administração montou recentemente um estúdio de vídeo, que poderá ser utilizado pelo Iprev para a produção de vídeos-aula destinados à capacitação de servidores dos setoriais de Recursos Humanos. Além de evitar o retrabalho com treinamento, provocado pela rotatividade dos servidores responsáveis pelos trâmites junto ao Iprev, o presidente prevê que a distribuição do material deve reduzir os atrasos nos processos, ocasionados por erros cometidos durante a tramitação. “Podemos oferecer capacitação permanente por meio de vídeos, o que permitirá aos setoriais de Recursos Humanos o esclarecimento de dúvidas corriqueiras”.

Designado recentemente para assumir a área de capacitação do Iprev, o servidor Rafael Monteiro registra grande participação dos servidores nos cursos oferecidos pelo governo. Embora não disponha de um planejamento prévio sobre o tema, Monteiro afirma que o envolvimento dos servidores da Autarquia é equivalente ao de qualquer outro órgão. Contudo, aponta que o fato de estarmos em ano de progressão funcional pode justificar o interesse maior pelos cursos, visto que a carga horária contribui no processo. 

Mesmo considerando extremamente positivo a movimentação em torno dos cursos, o presidente expõe a necessidade de treinamento mais específico em relação aos conhecimentos internos. De acordo com relatos de outros servidores, a falta de conhecimento básico sobre as atividades realizadas na Autarquia gera inúmeros encaminhamentos equivocados de demandas, causando transtornos aos funcionários e aos segurados. “Precisamos envolver as gerências e identificar essas demandas mais simples. Recrutar servidores dispostos a dividir seu conhecimento com os colegas pode ser uma alternativa”, conclui.

O assessor da presidência, Saulo Vidal, se diz ciente de que as pessoas realmente estão buscando capacitação. Todavia, entende que a Gepes precisa dar foco a esse processo, por meio de uma capacitação dirigida aos interesses do Iprev. Vidal reitera a preocupação do presidente acerca da necessidade de treinamento sobre as rotinas internas, destacando que esses cursos também podem ser desenvolvidos de modo a contribuírem para progressão funcional. “Podemos usar essa demanda por treinamento a nosso favor, pois temos muitos setores vulneráveis em relação à continuidade de suas rotinas, por conta da falta de capacitação”.


De olho no potencial de estagiários e terceirizados

Fechado Gepes site

Com uma equipe de quatro servidores e dois estagiários, a Gepes é responsável pela elaboração da folha de pagamento de servidores ativos e inativos da unidade gestora do RPPS/SC, incluindo todas as questões inerentes à vivência do servidor dentro do serviço público. O registro de ponto da Autarquia e o controle de terceirizados e estagiários também são atividades da pasta. Com experiência e competência enaltecidas, tanto pela gerente Neiva Titon quanto pelo diretor Ademir Matos, a equipe garante manter pleno domínio de suas rotinas.  
  
Em relação às dificuldades enfrentadas, os servidores destacam problemas ocasionados pela estrutura de rede precária, fato que tem gerado freqüentes interrupções nos trâmites realizados por computador. Também mencionam uma questão recorrente que envolve o fechamento do controle de ponto. De acordo com a equipe, alguns gerentes não repassam as informações referentes aos seus subordinados de forma correta, o que atrasa a conclusão do processo. Rafael Monteiro destaca ainda problema relativo aos usuários do sistema e-Sfinge, alegando falta de compromisso com as determinações previstas em portaria instituída em 2016.

Embora Saulo Vidal afirme que o grande desafio da Gepes para 2018 seja de promover avanços na capacitação, também levanta a necessidade de que a gerência estabeleça maior controle sobre as atividades desenvolvidas por terceirizados e estagiários. Apesar de a equipe defender que cada gerência seja responsável pelas atividades de seus subordinados, Vidal explica que um controle por meio de reuniões esporádicas, para ouvi-los e detectar suas capacidades, pode contribuir com as decisões gerenciais acerca do melhor aproveitamento desses estudantes e profissionais.



Assessoria de comunicação do Iprev 
 
Voltar
 
Atendimento sede administrativa: 12h às 19h
Rua: Visconde de Ouro Preto, 291 - Centro Florianópolis SC CEP: 88.020-040
CGC: 83 882 498/0001-90 Fone: (48) 3229-2600
Desenvolvimento: | Gestão do Conteúdo: IPREV | Tecnologia: Open Source